AVISO:
Informamos a nossos visitantes que todo conteúdo deste blog foi migrado para o endereço abaixo:

http://saudecanaldavida.blogspot.com.br/

Dentro de poucos dias esse endereço: http://www.caldeiraodesaude.com/,deixará de funcionar.

Para continuar lendo a notícia clique em: Read the rest of this entry » no final de cada artigo.

quinta-feira

Como a dança pode ajudar a melhorar a memória na terceira idade?

Segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Melbourne, na Austrália, a atividade física pode ajudar pessoas com mais de 50 anos até a melhorar a memória. A dança entra no rol de atividades que podem proporcionar o bem-estar, a socialização e a interação às pessoas da terceira idade principalmente, para aquelas com AVC, depressão e Alzheimer, doenças que atingem cerca
de 10,5% do total da população do Brasil, de acordo com o IBGE.
Pesquisadores brasileiros também chegaram a essa conclusão. Segundo um estudo realizado na PUC do Rio Grande do Sul, na faculdade de Educação Física, pela aluna Indara J. Leal e pela professora doutora Aline N. Haasl, a dança é importante porque proporciona bem-estar físico, social e psicológico; é benéfica para a saúde e é uma ativida­de que traz satisfação pessoal.
Esses estudos científicos envolvendo dança e idosos, comprovam as contribuições para a saúde física e mental, principalmente em relação aos ganhos ligados à força, ritmo, agilidade, equilíbrio e flexibilidade. Para os pesquisadores, as atividades físicas, quando praticadas regularmente, retardam as doenças que podem acometer os idosos e, no caso da dança, por ser uma atividade aeróbica, muitas vezes ela é recomendação médica para amenizar sintomas de doenças como hipertensão, obesidade, osteoporose, depressão e problemas de memória. A dança pode ainda trabalhar a mobilidade, estimular a circulação, a coordenação motora, e a percepção espacial e corporal, além de proporcionar um agradável convívio social.
No Brasil, já existem muitas escolas de dança, com aulas voltadas exclusivamente à terceira idade, cujo propósito é ajudar os idosos a envelhecer de forma saudável. Essa prática, que surgiu em 1974 na Alemanha, veio para o Brasil em 1978 e consiste em desenvolver a geronto-ativação, que são exercícios que buscam preservar a força muscular, prevenir a rigidez articular e a perda do domínio dos movimentos coordenados. Dança de salão e outras têm sido cada vez mais procuradas por esse público da terceira idade.
Resumo: como evitar doenças, diversão para idosos, prevenção de doenças na terceira idade, benefícios da dança para idosos, como melhorar a saúde física e mental na terceira idade
Telma Manolio
www.tearderetalhos.com


Recomende para um amigo clicando aqui...               

0 comentários:

Postar um comentário

Total de visualizações de página